Doces, Lanches, Pães Doces

Nozinhos de coco – Nó de amor

Hoje é dia de receita afetiva! É dia de nó de amor, esses nozinhos de coco são feitos na minha família há muitos anos e finalmente, chegou a hora de compartilhar com vocês.

A minha mãe sempre cozinhou bem, ela faz aquelas comidas simples, mas simplesmente deliciosas. Quando tento reproduzir, tenho a sensação que quando o prato é feito por ela, é sempre mais saboroso. A costelinha de porco que ela faz é única e uma das receitas que eu mais amo na vida é a torta de cenoura, que lá em casa é chamada de suflê de cenoura.

Durante a minha infância e adolescência, não tínhamos acesso a internet e lembro que a minha mãe sempre fazia cursos que eram oferecidos na nossa pequena cidade, mesmo sem acesso a informação como temos hoje, ela estava sempre aprendendo novas receitas. Um dos cursos mais legais que ela fez, foi com a Gelsa, uma cozinheira de mão cheia lá de Nova Bassano.

Ela voltou do curso com uma cartilha cheia de receitas e até hoje, mais de 30 anos se passaram, e continuamos usando as receitas da Gelsa na nossa casa. Uma delas é a receita de nó de amor, esses nozinhos que são macios por dentro e por fora são cobertos por coco só poderiam ter um nome tão romântico, pois são simplesmente maravilhosos.

Então, aproveite e prepare essa receita deliciosa na sua casa também! Tenho certeza que você também vai se apaixonar e eles ficarão para sempre na mesa da sua família.

Nozinhos de coco - Nó de amor

 

Faça e apaixone-se pelo nó de amor.

 

Nozinhos de coco - Nó de amor

 

Nozinhos de coco – Nó de amor

Nozinhos de coco - Nó de amor

5.0 from 1 reviews
Nozinhos de coco - Nó de amor
 
Tempo de preparo:
Tempo de cozimento:
Tempo total:
 
Faça essa receita fácil e deliciosa.
Autor:
Categoria: Pães doces
Cozinha: Caseira
Rende: 60 un
Palavras-Chave:
como fazer nozinhos de coco, nó de amor, nozinho de coco, Pão doce, pão frito, pãozinho de coco, receita de nozinho de amor,
Ingredientes:
  • Para a massa:
  • 2 ovos
  • 3 colheres (sopa) de açúcar (40g)
  • 1 xícara de leite integral (240ml)
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico seco (10g)
  • 2 colheres (sopa) de óleo de girassol (26g)
  • 2 colheres (sopa) de manteiga gelada (30g)
  • 1 colher (café) de canela em pó
  • Noz-moscada a gosto
  • ½ colher (sopa) de sal (10g)
  • 4¾ xícaras de farinha de trigo (570g) aprox

  • Para fritar
  • Óleo ou banha

  • Finalização
  • 1 xícara de açúcar (200g)
  • 1 xícara de água (240ml)
  • 4 colheres (sopa) de vinagre branco (60ml)
  • 100g de coco seco ralado (aprox)
Modo de fazer:
  1. Em tigela coloque os ovos, o açúcar, o leite, o fermento, o óleo, a canela, a noz-moscada e misture tudo.
  2. Coloque metade da farinha, misture e então, adicione o sal.
  3. Siga acrescentando farinha aos poucos até obter uma bola de massa que grude levemente nas mãos. (veja abaixo as dicas sobre a quantidade).
  4. Coloque a massa sobre a bancada levemente enfarinhada e sove por uns dois minutos.
  5. Então, coloque a manteiga cortada em cubinhos e volte a sovar por aproximadamente 10 minutos. Aos poucos a manteiga vai se integrar à massa.
  6. Se necessário, polvilhe um pouco mais de farinha para a sova, mas evite exageros.
  7. Coloque a massa na tigela, cubra com um pano ou filme plástico e leve para crescer por aproximadamente 1h.
  8. Depois que a massa estiver crescida, coloque-a sobre a bancada e movimente só para expulsar o excesso de ar.
  9. Cubra a massa com um pano e um plástico, pegue um pequeno pedaço de massa, faça um rolinho fino e forme um nozinho.
  10. Coloque-o em uma forma, cubra com um pano e repita o processo até transformar toda a massa em nós.
  11. Para fritar: Coloque óleo em uma panela ou frigideira e leve ao fogo.
  12. Assim que o óleo estiver quente, frite-os, começando pelos primeiros que foram modelados, eles devem ficar bem dourados.
  13. Retire com uma escumadeira e coloque papel toalha para escorrer.
  14. Depois coloque-os em uma bacia grande para o processo de finalização.
  15. Finalização:
  16. Em uma panela coloque o açúcar, a água e o vinagre e ferva até obter uma calda em ponto de fio.
  17. Regue os nós de amor com a calda, mexa imediatamente com duas colheres grandes para espalhar bem, espalhe o coco, volte a mexer para que o coco fique distribuído por todos os nozinhos.
  18. Coloque em uma forma e espere alguns minutos para servir e secar um pouco a cobertura.
 

 

Dicas para a receita:

  • Farinha de trigo: Para toda a receita eu usei aproximadamente 550g de farinha de trigo, incluindo a parte da sova. A quantidade pode variar um pouco, pois vai depender do tamanho dos ovos. Coloque a farinha aos poucos.
  • Fermentação: Em dias frios, lembre-se que a fermentação precisa de um ambiente quentinho. Eu costumo colocar as minhas massas para fermentar dentro do micro-ondas e sempre coloco uma bolsa térmica de compressa com água quente junto, assim a temperatura fica propícia para a massa fermentar.
  • Modelando: É muito simples, faça um rolinho fino, dê um nó e corte o excesso. Procure fazer pequenos nós, pois eles crescem bastante.
  • Quantidade de óleo: A fritura dos nós é por imersão, então coloque uma boa quantidade de óleo.
  • Na hora de fritar: Comece a fritar pelos primeiros nós, assim os últimos terão um tempinho para crescer. A temperatura correta para frituras é quando óleo chega a 180°C, se você não tem termômetro culinário, faça o teste com um pedacinho de massa.
  • O ponto da calda: O ponto da calda é o de fio, se você tem termômetro, é quando ela chega em 102°C, mas na minha casa sempre foi feito a olho mesmo e dá super certo.
  • Finalização: Coloque os nós em uma panela ou bacia grande para poder misturar com a calda e com o coco. Mexa com duas colheres e tenha sempre cuidado para não se queimar com calda quente.
  • Coco: Eu usei o coco com açúcar que era o que eu tinha em casa, mas pode ser usado sem açúcar.

 

 

Nozinhos de coco - Nó de amor

 

Você fez essa receita?

Então me conte o que achou do resultado. Se puder, deixe seu comentário lá no final desse post e avalie dando a quantidade de estrelas que essa receita merece. A sua opinião é muito importante para mim e principalmente, para os outros leitores que chegam até esse post.

 

Gostou da receita? Então salve as imagens nas suas pastas do Pinterest, assim você pode guardar e fazer na sua casa quando quiser.

10 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Avaliação: