Doces, Pães Doces

Cuca de uva | Receita gaúcha, tradicional e deliciosa

Você sabe o que é cuca? Quem visita o Rio Grande do Sul leva sempre na memória boas lembranças gastronômicas, uma delas é a cuca, uma espécie de pão doce que leva uma cobertura formada por uma farofa crocante e deliciosa. A cuca é muito tradicional do RS e também na região Sul, de origem Alemã e originalmente chamada de Kuchen, a cuca se espalhou e é um símbolo da gastronomia do nosso estado. A cuca gaúcha, como é chamada por quem visita o RS, além de ser preparada de forma tradicional, pode receber os mais variados tipos de cobertura e hoje estou trazendo a famosa Cuca de uva, uma versão cheia de cor e sabor.

E se você quer se arriscar no mundo das cucas, confira outras receitas que já passaram por aqui e que fizeram o maior sucesso Cuca alemã de banana e doce de leiteCuca de coco.

 

Cuca de uva | Receita gaúcha, tradicional e deliciosa

 

Cuca de uva – Receita gaúcha

Cuca de uva | Receita gaúcha, tradicional e deliciosa

 

Cuca de de uva | Receita gaúcha
 
Tempo de preparo:
Tempo de cozimento:
Tempo total:
 
Essa receita pode tranquilamente ser feita sem lactose, basta substituir a manteiga pela mesma quantidade de banha.
Autor:
Categoria: Pães doces
Rende: 12 porções
Palavras-Chave:Como fazer cuca, Como fazer cuca de uva, Cuca, Cuca de uva, Cuca do rio grande do sul, Cuca gaúcha, Pão doce, Receita de cuca, Receita de cuca gaúcha, Uva,
Ingredientes:
  • 1 ovo
  • 1 e ½ xícara de água morna (360 ml)
  • 1 colher (sopa) de fermento biológico seco (10g)
  • 2 colheres (sopa) de manteiga amolecida
  • ¾ xícara de açúcar
  • 1 colher (chá) de Extrato de baunilha
  • Noz-moscada ralada
  • ½ colher (sopa) de sal
  • 500 g de farinha de trigo

  • Cobertura de uva
  • 2 a 3 xícaras de grãos de uva
  • 1 colher (sopa) de açúcar

  • Cobertura sfregolá
  • ½ xícara de farinha de trigo
  • ½ xícara de açúcar
  • 2 colheres (sopa) de manteiga gelada
Modo de fazer:
  1. Em uma tigela grande coloque o ovo, a água, o fermento, a manteiga, o açúcar, o extrato de baunilha, a noz-moscada e o sal. Misture bem.
  2. Então adicione a farinha de trigo e vá misturando usando uma das mãos, para que a massa fique homogênea, o resultado será uma massa mole.
  3. Com a mão, continue movimentando a massa, mexendo debaixo para cima por uns dois minutos para incorporar ar à massa.
  4. Cubra a tigela com filme plástico e leve para crescer em local fechado por aproximadamente 30 minutos, a massa deve dobrar de volume.
  5. Enquanto a massa cresce, prepare a cobertura, em uma tigela coloque os ingredientes do sfregolá, misture e com a ponta dos dedos esfregue-os para obter uma farofa.
  6. Higienize e escorra bem os grãos de uva para que fiquem secos, então misture o açúcar.
  7. Assim que a massa estiver crescida, escolha uma forma ou travessa de aproximadamente 35 x 25 cm e unte com manteiga.
  8. Então transfira delicadamente a massa para a travessa, espalhe os grãos de uva sobre a massa e em seguida espalhe o sfregolá.
  9. Cubra a travessa com um pano limpo, deixe crescendo por 30 minutos.
  10. Leve para assar no forno preaquecido a 180°C por aproximadamente 30 minutos, a superfície vai ficar lindamente dourada.
  11. Deixe esfriar para servir.
 

 

 

Na hora de escolher a forma ou travessa, use uma alta para que a massa tenha lugar para crescer. A minha travessa tem 7cm de altura. Se você não tem uma travessa alta, use uma forma com tamanho maior, pois a massa cresce bastante. Veja nas fotos abaixo.

 

Depois de assada a cuca fica assim, com a cobertura crocante e dourada, as uvas se desmancham e com o açúcar polvilhado nos grãos, elas ficam adocicadas úmidas e liberam todo o seus sabor.

Cuca de uva | Receita gaúcha, tradicional e deliciosa

Que tipo de uva posso usar?

Para a minha receita eu usei a uva comum, aqui no Sul ela é conhecida como Uva Isabel, escolhi essa pois eu tinha na geladeira que havia trazido da casa dos meus pais. A vantagem dessa variedade é a cor incrível, a casca dela rompe com facilidade e assim ela espalha cor e sabor, a pequena desvantagem é que ela possui sementes, então tem que ter um pequeno cuidado na hora de comer. Voltando aos tipos de uva, use a variedade que você tem em casa, que tem acesso fácil, que cabe no seu bolso. Se quiser escolher a uva sem sementes, também pode ser uma boa opção.

A farofa crocante!

Conhecida pelos descendentes de alemães como Streusel, a farofa que cobre as cucas é composta por uma mistura de açúcar, manteiga e farinha e usando a ponta dos dedos, esfrega-se os ingredientes até obter uma farofa grossa. Nas regiões de descendentes de italianos, essa cobertura é chamada sfregolá, que traduzindo significa esfarelá e como eu sou descendente de italianos, uso o termo sfregolá.

Essa farofa também pode ter algumas variações, muitas vezes se acrescenta gotinhas de extrato de baunilha, pode-se colocar noz-moscada e também uma variação que eu adoro, a canela em pó que confere um sabor incrível.

 

Quer fazer a cuca sem lactose?

Substitua a manteiga por banha, tanto na massa quanto na farofa. Vai ficar deliciosa, inclusive, no interior é muito comum que as cucas sejam feitas com a banha de porco.

 

Cuca de uva | Receita gaúcha, tradicional e deliciosa

 

Você preparou a nossa cuca de uva?

Então comente e nos conte o que achou do resultado, adoramos receber mensagens dos nossos leitores.

Cuca de uva | Receita gaúcha, tradicional e deliciosa

 

Gostou da receita de cuca de uva? Então salve as imagens nas suas pastas do Pinterest, assim você pode guardar e fazer na sua casa quando quiser.