Doces, Sobremesas

Sagu de vinho tinto e creme de baunilha

Aqui no Rio Grande do Sul temos alguns pratos que representam fortemente a nossa culinária e as nossas tradições. Um desses pratos é o sagu de vinho tinto e creme de baunilha, uma sobremesa que é um símbolo da imigração italiana.

O sagu de vinho é servido com um creme de baunilha e é uma sobremesa muito presente nas mesas das famílias italianas, principalmente na Serra Gaúcha. É uma sobremesa econômica, que rende bastante, por isso está em todas as casas.

Eu nasci e vivi na Serra Gaúcha, sou de origem italiana, por isso, essa sobremesa tem sabor de infância, é um doce que traz as melhores memórias afetivas. Memórias da minha casa, da casa da nona e das minhas tias.

Existem milhares de receitas de sagu de vinho tinto e creme de baunilha, são muitas variações, mas um sagu gostoso, na minha opinião, deve ser feito com vinho tinto e não leva suco de uva.

Prepare o seu sagu com um vinho tinto seco, você não precisa utilizar um vinho caro, mas também não pode ser o mais barato dos vinhos.

Sagu de vinho tinto e creme de baunilha - Confira como fazer um verdadeiro sagu com vinho. Essa é uma típica receita da culinária gaúcha, a sobremesa representa a tradição da serra gaúcha e dos descendentes italianos.

Sagu de vinho tinto e creme de baunilha

Ingredientes para o sagu:

5 xícaras de vinho tinto seco
2 xícaras de água
1 xícara de sagu
1 xícara de açúcar
Cravo e canela em rama

 

Ingredientes para o creme:

½ litro de leite
½ xícara de leite
1/2 xícara de açúcar
2 colheres (sopa) de amido de milho
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
2 gemas

 

Modo de fazer:

Sagu:

Leve ao fogo uma panela com o vinho, assim que ele começar a ferver. Queime o álcool usando uma tampa e com cuidado. Encontrei esse vídeo que pode ajudar você nesse processo simples.

Depois de queimar o álcool acrescente a água, o cravo e canela e tampe a panela e aguarde voltar a ferver.

Nesse momento, acrescente o sagu e deixe cozinhar em fogo baixo, com a panela destampada, mexendo com frequência até que as bolinhas comecem a ficar transparentes. Experimente para ter certeza que o sagu está cozido.

Assim que estiver no ponto, adicione o açúcar e deixe no fogo por uns dois minutos, apenas o tempo para dissolve-lo. A quantidade de açúcar pode variar de acordo com o tipo de vinho, experimente e ajuste de acordo com o seu paladar.

Desligue o fogo, deixe esfriar, coloque em uma travessa e leve para a geladeira.

 

Creme:

Leve ao fogo uma panela com 1/2 litro de leite.

Enquanto isso, prepare os ingredientes nessa ordem: Em uma tigela pequena coloque as duas gemas e bata com um fouet (batedor de arame) apenas o suficiente para obter uma mistura homogênea.

Coloque o leite, o extrato de baunilha e o amido e misture. Em seguida adicione o açúcar e mexa bem para integrar.

Assim que o leite começar a ferver, em fogo baixo, comece a acrescentar o creme de amido, mexendo sempre com o fouet para não empelotar.

Depois que o creme voltar a ferver, cozinhe por mais dois minutos e em seguida transfira para um recipiente de vidro para encerrar o cozimento.

Deixe esfriar, coloque na geladeira e sirva com o sagu.

Sagu de vinho tinto e creme de baunilha - Confira como fazer um verdadeiro sagu com vinho. Essa é uma típica receita da culinária gaúcha, a sobremesa representa a tradição da serra gaúcha e dos descendentes italianos.

Confira também essa receita deliciosa de pipoca caramelada com vinho tinta.

Sagu de vinho tinto e creme de baunilha - Confira como fazer um verdadeiro sagu com vinho. Essa é uma típica receita da culinária gaúcha, a sobremesa representa a tradição da serra gaúcha e dos descendentes italianos.