Acompanhamentos, Massas, Salgadas, Vegetarianas

Nhoques de semolina

Amanhã é dia 29, é dia do nhoque, dia de colocar um dinheirinho em baixo do prato com a esperança na simpatia do Nhoque da Fortuna.

Conta a história que São Pantaleão, em um dia 29 de dezembro, perambulava por um vilarejo na Itália vestido de andarilho. Faminto, procurou na casa de uma família a bondade de ofertar a ele um prato de comida.
O casal que o recebeu, mesmo desconfiado, convidou-o para sentar-se à mesa com eles. A família era pobre e não tinha muito o que comer, apenas uma pequena quantidade de nhoque que foi divida entre todos: sete nhoques para cada um.
São pantaleão comeu, agradeceu a hospitalidade do casal e foi embora. Ao retirar a mesa o casal teve uma grande surpresa, sob o prato do santo havia várias moedas de ouro.
A partir dessa lenda, todo dia 29 é tradicionalmente o Dia do Nhoque da Fortuna. Para quem deseja realizar a simpatia é muito simples: coloque uma nota de qualquer valor embaixo do prato de nhoque. Em seguida fique de pé e coma sete nhoques, um a um, fazendo um pedido a cada nhoque ingerido.
O dinheiro colocado embaixo do prato deve ser guardado até o próximo dia 29 para garantir a sorte. 
Então que tal seguir a tradição e preparar um nhoque diferente e delicioso? Eu fiz com um molho calabresa, mas você pode fazer com molho de sua preferência.
Semolina de trigo são grãos do cereal moídos grosseiramente, essa farinha é usada para a produção massas, você encontra o produto em supermercados.
Nhoque de Semolina

Ingredientes para a massa:

2 xícaras de leite semidesnatado
1 colher (sopa) de manteiga
1 xícara de semolina de trigo
1 colher (chá) de sal

Queijo parmesão ralado
1 ovo

Ingredientes para o molho:

200g de linguiça calabresa defumada

1 cebola média picada
1 dente de alho picado
1 lata de tomates pelados (amasse com um garfo)
1/2 colher (café) de páprica picante
Louro
Sal
Modo de fazer:
Comece pelo molho, corte a calabresa em pequenos cubinhos, coloque uma frigideira no fogo e assim que estiver quente coloque a linguiça calabresa, sem óleo, pois ela irá liberar gordura assim que começar a aquecer. Refogue muito bem até ficar bem douradinha, retire a linguiça da frigideira e acomode sobre papel toalha.
Na mesma frigideira, coloque a cebola, refoque até murchar, adicione o alho, em seguida todo o conteúdo da lata de tomates pelados. Adicione a páprica e o louro, um pouquinho de sal, tampe a panela e deixe ferver em fogo bem baixo por uns 15 minutos. Se necessário acrescente algumas colheradas de água. Experimente, se necessário ajuste algum tempero. Adicione a calabresa, deixe no fogo por 5 minutos e desligue.
Para a massa, leve ao fogo uma panela com o leite, a manteiga e sal. Assim que começar a ferver, comece a adicionar a semolina de trigo aos poucos e mexendo sempre. Adicione o ovo ligeiramente batido e misture, o resultado é uma passa pesada e uniforme.
Sobre uma forma ou uma tábua, espalhe a massa ainda quente deixando-a com aproximadamente 1cm de altura. Usando um cortador de biscoito corte os nhoques e acomode-os em uma forma untada com manteiga. Polvilhe queijo parmesão sobre os nhoques e leve para assar e forno médio preaquecido por 15 minutos. 
Acomode os nhoques no prato escolhido para servir e cubra com o molho de sua preferência.
A receita serve quatro pessoas.
Receita do nhoque e inspiração do molho Cinthya Maggi